A crise está afetando seu negócio da beleza?

Com 1 milhão de salões, a crise no negócio da beleza e no mercado da beleza esta cada vez mais evidente para profissionais e donos de salão de beleza

A crise está afetando seu negócio da beleza?

Se abre comigo, a crise está afetando seu negócio/Salão de beleza?
Há muitos anos, o mercado e os profissionais da beleza vêm crescendo de forma notável.
A busca pela beleza e pelo bem-estar – por homens, mulheres, crianças, adolescentes, adultos e idosos –  fez nosso setor expandir.
Desta forma, o número de pessoas buscando profissionais da beleza aumentou e, consequentemente, o número de empresas oferecendo serviços também.
Certamente, na TV, os programas incentivam empreendedores a abrirem salão de beleza e, com frequência, ouço:

“abra um salão de beleza, nesse setor não existe crise.” Será que não?

Antes de falar propriamente em crise, quero entrar em outra questão, na grande competitividade do mercado da beleza.
Hoje, existem aproximadamente 1 milhão de salões de beleza, clínicas de estética e barbearias em nosso país.
Com isso, a crise se acentua. Pois bem, além de a economia estar parada, ou seja, temos menos dinheiro circulando, nosso setor sofre outro mal, a alta competitividade.
Mas, calma! Não estou aqui me lamentando e querendo desanimá-lo. Estou aqui para chamar sua atenção: “O MERCADO MUDOU.”
Primeiramente, em 2016, com a crise e o aumento da competitividade, não podemos continuar agindo como em 2012.
Entenda, naquela época a concorrência era menor e o mercado estava aquecido.
Abaixo, listo 5 atitudes que, como gestores, precisamos pensar nesse momento.

Adapte-se

Em primeiro lugar, você precisa perceber as mudanças ocorridas no mercado da beleza e agir conforme esse novo cenário.
Então, adaptar-se de forma alguma quer dizer permaneça parado, ao contrário, observando essa nova realidade, você vai desenvolver novas ações.
Vamos a um exemplo: alguns clientes podem estar estendendo o prazo de retorno para pintar os cabelos, que tal enviar um whatsapp lembrando-os que já está na hora de retornar?
Outros clientes podem começar a pintar a raiz em casa, por que não fazer um pacote: raiz + tratamento + escova por um preço mais acessível?
Pacotes de manicure, depilação, corte masculino, tratamentos, escova também costumam fazer o cliente aumentar o número de visitas.

Busque a diferenciação

Com o aumento da concorrência, precisamos buscar nos diferenciar das outras empresas.
Faça a si mesmo as seguintes perguntas: qual a diferença entre fazer a mão em sua empresa e no salão de beleza do concorrente?
Qual a diferença entre pintar o cabelo com sua equipe e com a empresa ao lado? Cada vez mais precisamos oferecer um “q” a mais aos clientes.
Geralmente, a diferenciação não está no produto, já que todos têm a opção de comprá-lo do mesmo fornecedor.
Saiba, a diferenciação está no atendimento, no conforto oferecido ao cliente, no encantamento. O que você tem feito para encantar o cliente?

Gerencie melhor

Precisamos estar atentos aos custos, cuide de seu estoque com mais atenção, compre o necessário para executar os serviços, economize energia e água, reveja seus contratos de trabalho.
Como gestores, por vezes, nos sentimos fracassados quando temos que diminuir a estrutura, mas isso faz parte, precisamos saber a hora de avançar e de recuar.
Porém, fique atento para não fazer cortes em despesas que fazem seu negócio acontecer.
Cuidado para não comprometer seu negócio a médio prazo, lembre-se de que a crise passará e sua empresa continuará a existir.

Não reclame

A pior atitude a fazer nesse momento é reclamar.
Esse é um momento para repensar seu negócio, redefinir estratégias, rever os custos, desenvolver novas ações de marketing, melhorar a qualidade do serviço prestado.
A reclamação, além de não ajudar, não fará você e sua equipe chegarem a lugar algum.
Tenha atitude, seja ativo, criativo, conte com sua equipe para buscar ideias que possam ser implementas em sua empresa.

Desenvolva sua equipe

Lembre-se: SOMOS PRESTADORES DE SERVIÇOS, o ponto principal para alcançarmos o sucesso é termos uma equipe competente.
Aqui, o conceito de competência remete a pessoas que tenham conhecimento, habilidades e atitudes positivas.
O conhecimento não é algo que se alcança, é preciso estar sempre em atualização. Para ter habilidade, é necessário treinar, treinar e treinar.
E as atitudes podem ser desenvolvidas através de conversas e treinamentos. Cabe ao líder incentivar sua equipe a desenvolver suas competências.
As adversidades fazem parte do nosso caminho, temos que surfar conforme o mar.
A pior coisa a se fazer num momento complicado como esse é agir como se nada estivesse acontecendo.
Aproveite esse momento para implementar mudanças em sua empresa, pode ter certeza de que agindo assim sua empresa sairá mais forte depois da crise.
Compartilhe comigo suas dúvidas e opiniões no campo abaixo.
Seja meu aluno em um curso presencial ou online, através do Criadores de Imagem.

0 respostas em "A crise está afetando seu negócio da beleza?"

    Deixe sua mensagem

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    © Criadores de Imagem. Todos os direitos reservados.
    close-link
    X