• No products in the cart.

Como calcular comissão de cabeleireiro?

Aprenda como pagar e calcular a comissão de cabeleireiro em um salão de beleza.

Qual comissão pagar para um cabeleireiro?

Compreenda que antes de estabelecer a comissão do profissional, você precisa conhecer seus custos diretos e indiretos.

Sem conhecer as suas despesas, é impossível você perceber qual a comissão correta para o seu estabelecimento.

Contudo, cada salão possui uma comissão única para fechar a conta financeira.

Por isso, é importante estudar finanças!

 De modo geral, eu como educadora, vejo que existe uma média destas comissões de cabeleireiro.

Mas tudo, entretanto, depende do tipo de contratação.

Assim, existem dois tipos: CLT (muito pouco usada) e Salão parceiro (contrato de parceria).

Nestes casos, o gestor do salão opta por pagar um valor fixo, acrescido de comissão, caso o profissional tenha uma meta mínima de faturamento.

Após esta meta, o profissional receberá uma comissão de 5 a 10% por atendimento. Para chegar a valores salariais, converse com seu contador.

 

Salão Parceiro

As maiores dúvidas estão neste item, pois o profissional sendo um parceiro do salão, ele receberá apenas a comissão, que pode variar de acordo com o estilo de contrato assinado.

Leia também: O que é a Lei do Salão Parceiro? Saiba mais agora!

Por exemplo: Nestes casos é comum uma aplicação de 3 tipos de comissões:

Comissão de 25% a 45%

Este tipo de comissão é pago para os profissionais que somente fornecem a mão de obra técnica no salão parceiro, sem ter custos com cosméticos, tintas, colorações e etc. O profissional entra apenas com a mão de obra e recebe todo o material para trabalhar.

Comissão de 46% a 55%:

Este tipo de comissão é pago quando o profissional é responsável pela compra de produtos, equipamentos e materiais do dia a dia.

Acima de 55%:

Este caso costuma ser um pouco mais raro e funciona para profissionais já consolidados no mercado e com uma boa cartela de clientes. Aqui é importante estabelecer metas de faturamento mínimo para pagar esse rateio mais alto.

Então: Repito, não há regra, com certeza há exceções.

Se ainda ficou com dúvidas e deseja saber mais sobre o assunto, confira a minha aula no Youtube:

 

Cada serviço, uma comissão:

Também é normal o salão pagar comissões diferentes, para o mesmo profissional, dependendo do serviço. Por exemplo:

Corte, escovas, penteados: 40%

Colorações 50%

Maquiagem: 60%

Descontos:

Muitas empresas descontam a taxa do cartão antes de efetuar a divisão do pagamento, assim se a cliente pagar R$ 100,00 no corte de cabelo, e o profissional tiver um rateio de 40%, o pagamento seria feito da seguinte forma:

Corte: R$ 100,00

Taxa cartão: 2%

Comissão: 40%

R$ 100,00 – 2% = R$ 98,00

 R$ 98,00 x 40% = R$ 39,40

Repare que o calculo da comissão será sobre o valor depois de descontar a taxa de cartão.

 

Para não errar, lá vai o mais importante:

Estude finanças e conheça muito bem a sua empresa!

No meu curso ONLINE e PRESENCIAL tenho um módulo inteiro apenas sobre gestão financeira para salão de beleza!

Por isso, seja meu aluno e aprenda sobre finanças de uma forma DESCOMPLICADA!

Conte comigo para te ajudar neste processo!

Não esqueça de compartilhar suas dúvidas e opiniões aqui!

 

ME SIGA:

@Danivenancio_

Siga as nossas outras redes no Instagram também:

@Renatofuzz

@criadoresdeimagem

Conheça ainda nosso canal do Youtube e no Telegram

10 respostas em "Como calcular comissão de cabeleireiro?"

  1. Posso descontar o custo do material e pagar
    a comissão referente ao serviço? No caso um exemplo hidratação R$100,00 custo dos produtos R$20,00 pago a comissão em cima de R$80,00.

  2. Olá, no salão onde presto serviço o cálculo é assim

    Serviço 100 reais
    Menos custos de água, café, luz, taxa de cartão e produtos usados (sh, cond, finalizadores) : 40 reais
    Restante : 60 reais
    Desses 60 reais é 50% pro salão e 50% meu

    Mas nós 50% do salão já não estaria incluso água, luz, café?

    • Helena, sobre comissão não existe certo ou errado, o ideal é que o acordado seja bom para as duas partes. Pelo que entendi neste caso o salão dá o produto para você trabalhar correto? Nestes casos normalmente a comissão é maior para o salão, sobre o valor total do serviço. Por exemplo, neste serviço de R$100, 60% seria do salão e 40% seu, destes 60% o salão irá descontar estes custos operacionais (luz, água…) e as despesas diretas (produtos). Lembrando que isso é um exemplo, o ideal é que saibam calcular todos estes pontos para que o resultado seja bom para ambos os lados. Para calcular comissão é necessário entender de finanças como um todo.

  3. E pela lei do Salão parceiro, é permitido esses tipos de cobrança ( taxa de cartão, produtos utilizados no procedimento)?
    Ouvi falar que o salão tem que arcar com esses materiais.

  4. Bom dia Dani.
    No contrato na lei do salão parceiro deve haver um tempo mínimo de permanência do profissional contratado?

  5. Comecei a trabalhar em um salao parceiro que está me pagando apenas 10%. So fui informada sobre isso depois de uma semana. Presto somente a mao de obra. Isso está certo? Sendo que cada procedimento dura em média 3 horas.

    • Oi Ludimila! O mais imporatante são os acordos feitos inicialmente, pois comissão depende de uma série de fatores. Converse com sua gestão em relação a como está se sentindo para resolverem juntos esta situação, tomando a melhor decisão para ambos os lados. Bjos e bons estudos!

Deixe sua mensagem

© Criadores de Imagem. Todos os direitos reservados.
X