• Nenhum produto no carrinho.

Como definir a comissão certa para Profissionais da Beleza

Saiba que para definir a comissão certa do profissional da beleza é preciso identificar fatores específicos que ajudam a compor o cálculo correto

Como definir a Comissão certa para Profissionais da Beleza

No vídeo, a Dra. Dani Venâncio, com 20 anos de experiência na área da beleza, aborda o tem como definir a comissão certa para profissionais da beleza.
Então, aprenda: Como definir a comissão certa dos seus cabeleireiros, maquiadores, manicures, esteticistas, depiladoras e outros.
Desta forma, conheça Pontos chaves para definir a comissão certa de um Profissional, independente do tamanho do espaço da beleza.
Lembrando, que para isso, é preciso identificar fatores específicos que vão te ajudar na hora de compor o cálculo de rateio.
Aliás, seja aluno da Dani em um curso presencial ou online, através do Criadores de Imagem.

Compartilhe comigo suas dúvidas e opiniões no campo abaixo.

18 respostas em "Como definir a comissão certa para Profissionais da Beleza"

  1. blank

    Bom dia, estou abrindo uma clínica de estética e todos os produtos e aparelhos são meus, irei trabalhar apenas com a mão de obra da esteticista, qual comissão você acha que eu devo estabelecer ?

    • blank

      Oii Ana,
      Eu sugiro que você assista a aula de financeiro, assiste e anota tudo e entenda o que é uma despesa direta e indireta, entenda os custos da sua empresa e baixa a planilha e você mesma irá chegar na conclusão dessa resposta, o mercado de estética geralmente paga algo entre 25% á 40% quando tudo é da estética mas de novo sugiro que assista a aula e chega a sua conclusão ta certo?!
      Bons estudos.

  2. blank

    Gostei muito esta sendo muito util e agradavel vou acompanhar seu blog este tipo de conteudo tem me agradado muito.

  3. blank

    Dani bom dia!
    Prazer me chamo Alex Antônio sou Cabeleireiro, gostaria de saber como funciona a parte de quem trabalha com os produtos próprios qual porcentagem que devo dividir?

    • blank

      Oie Alex tudo bem?
      Para essa pergunta depende, pois para comissão correta você deve entender dos custos do serviços. Te indico olhar no YouTube do Criadores de Imagem os vídeos que falamos de custos.
      Ótimos estudos

  4. blank

    Aqui é a Thais Silva , e quero parabenizar você pelo seu artigo escrito, muito bom vou acompanhar o seus artigos.

  5. blank

    Eu acho engraçado querer definir a porcentagem que o profissional deve ganhar! se o próprio se especializou, fez cursos para ter qualificação, trabalhou por algum tempo para ganhar capacitação e depois vir a pessoa que quer abrir um espaço querer precificar o valor do profissional! No meu humilde entendimento, o profissional experiente tem que ganhar uns 2 salários mínimos por baixo e mais comissão, se for (MEI ) e tiver que dar nota fiscal, será considerado sócio e deve receber uma porcentagem que englobe ; seu plano de saude, seus custos com transporte, seus custos com alimentação, seus custos com aluguel da sua empresa MEI, seus custos com seus equipamentos e manutenção, e etc.
    Como podem ver , QUEM É ESPECIALIZADO DEVE SER MAIS RESPEITADOS, E QUEM É AUTÔNOMO (MEI), DEVE SER RESPEITADO MAIS AINDA!

    • blank

      Olá Ivo,
      Eu entendi seu ponto de vista e de certa forma eu concordo com ela, pois acredito que todos os profissionais devem ser respeitados, até um profissional CLT, um temporário, imagine os autônomos. Afinal, o respeito é a primeira necessidade para uma sociedade justa e igualitária. De qualquer forma, eu também acredito como doutora em administração que cada negócio possui uma realidade diferente, e que assim cada espaço tem sua autonomia e custos para negociar a comissão dos profissionais parceiros. Lembrando, que a Lei do Salão Parceiro não determina que custos de transporte, alimentação e outros seja pago pelo proprietário do salão.
      Forte abraço.

  6. blank

    Olá bom dia!
    Tenho um pequeno estabelecimento
    E estou num impasse, pois tenho um profissional que quer fazer determinado curso, porém antes quer saber qual a porcentagem que vou lhe pagar.
    Me pede uma resposta logo para que ele decida se vai fazer o curso ou não.
    Não sei o que fazer.
    Pois não quero a responsabilidade e a obrigação de ceder meu espaço ou dele fazer o curso ou não.
    Tô me sentindo. Pressionada.

    • blank

      Olá Meiry,
      Dá para entender a preocupação do profissional. Você tem clareza de qual seu percentual de custo indireto, ou seja, de despesas fixas? Outra informação necessária é o lucro desejado. Com essas duas informações você poderá ter um percentual de comissão. Sugiro que você estude gestão financeira.
      Bons estudos.

  7. blank

    Vejo que todos puxam sardinha pro seu lado, hoje tenho empresa, mas por anos já fui funcionário por salário e comissão. Hoje como empresa vejo : Tributos, encargos e gastos que antes como funcionário nem imaginava.
    Ex: Taxa de Máquina, Imposto por transação da própria máquina, NF, contabilidade, IR, Cesta Básica de Conta Jurídica, Aluguel , férias, 13º, direitos , energia, água, alvarás , iptu, limpeza, manutenção… entre outros… No final não vale apena ter empresa que cumpra ao pé da letra com suas obrigações se vc não tiver um certo fluxo de transações.
    Isso tudo são apenas as despesas fixas… Você tem q pagar todo mês, faça chuva ou faça sol…com ou sem cliente…
    Pra quem gosta de críticar, pega a suas economias de anos e anos e abra uma empresa com o alto risco de perder tudo que vc juntou a vida inteira. Ai sim vc vai ter uma visão mais ampla… dos dois lados da moeda.

    • blank

      Olá Wanderson,
      É complexo, porque no Brasil nós temos muitos encargos e nem sempre quem é colaborador CLT se dá conta disso. Já os empreendedores precisam aprender a conviver, por isso a gestão financeira é tão importante para você saber onde mexer para que mesmo com todos os impostos e custos envolvidos, seu salão ainda dê lucro.
      Obrigada por me escrever!

  8. blank
    Claudijane Gomes da Silva19 de outubro de 2021 em 01:20Responder

    Tenho uma dúvida em relação ao profissional que vai prestar atendimento no meu espaço , tipo drenagem linfática, que usa somente as mãos, ou seja não tem equipamento, qual o valor a ser pago a esse profissional? Aliás quanto de comissão?

    • blank

      Claudijane, não existe comissão certa ou errada, você precisa calcula seus custos fixos, analisar se ela vai dar os produtos ou você, e fazer o cálculo da comissão até que seja interessante para as 2 partes. Se você não é aluna da plataforma, tenho um vídeo no youtube falando sobre comissão. Bons estudos! Se quiser o link pode chamar pelo nosso suporte (48)991842290

  9. blank

    Olá me chamo Daniel, tenho um salão de beleza na minha cidade juntamente com minha esposa, fizemos um investimento legal no salão. Minha dúvida e a seguinte vários profissionais do ramo de beleza então me procurando para dar cursos na área da beleza, ou seja ele me perguntam quando cobro de aluguel para ele ultilizarem meu espaço.

    • blank

      Olá Daniel, tudo bem? Quanto aos cursos é interessante que você faça uma análise so conteúdo, tempo e valores na sua região. Quanto ao aluguel de cadeira é necessário conhecer todos os seus custos e dividir pelo metro quadrado do seu espaço.

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Criadores de Imagem. Todos os direitos reservados.
X